segunda-feira, 29 de junho de 2009

Cegueira

Em uma das dezenas de conversas com uma amiga minha estavamos consversando sobre a diferença entre o olhar e o enxergar. No meio, dessa discussão, ela solta: "quando alguém passa por um momento dificil, a luz é tão forte que acaba cegando a pessoa".

Essa história ficou perambulando nos meus pensamentos por dias, fiquei pensando se isso chegava a ser possivel, porque e talz.

E cheguei a uma conclusão: realmente, depois de alguns momentos, ficamos meio cegos e inertes às situações que a vida nos impõe.

Aprofundando ainda mais minha reflexão, vi que esse momento que vivo não é nada mais que consequencia de uma cegueira que eu tive.

Tinha todas as explicações, atitudes, carinhos e momentos que me provavam um sentimento verdadeiro. Mas a luz de uma decepção foi tão forte que me deixou cega e que causou um auto-engano inescrupuloso e ridiculo.

Eu tinha tudo em minhas mãos e hoje não tenho mais nada. A minha cegueira foi tão forte que quando me dei conta, era tarde demais. Eu deixei passar, deixei o amor escorrer por entre os dedos como areia. Eu fui uma das piores cegas, porque, de um tempo pra cá, eu nao queria enxergar. Achei que tudi era adiavel, mas não era e não foi.

E eu digo: essa cegueira pode trazer danos e dores muito fortes, vai por mim ;)

Um dia eu vou tentar recuperar o meu espaço..não sei se tão já, mas eu vou tentar, porque pra mim isso é muito mais importante do que voce pensa.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O conto de fadas nunca muda.

A vida parece ser tão injusta com algumas pessoas e a revolta bate justamente quando isso inclui pessoas que amamos.


Não é justo o mal vencer no final.

Não é justo valorizar algo simplório...sujo...desonesto

Não é justo a permanencia e convivencia com esse calão


Não consigo aceitar certas atitudes de pessoas que sempre foram um exemplo para mim.


Eu sei que a honra virá e logo...

Você vai ver, quando menos você esperar, sua carreira estará com muitos mais passos, experiencias e momentos..


A hipocrisia, a falsidade, a falta de carater ..todas essas mascaras vão cair.

E, mesmo, que espero acompanhar isso de camarote com direito a pipoca e ótima companhia


As pessoas se enganam,

O mal pode até vencer uma BATALHA, mas a GUERRA, quem vence é o bem.


À Luciane Mediato ,


Você é uma flor.

Frágil, bonita, encantadora e transmissora da mais bela mensagem pelo fato de existir como tal.


Merece ser cuidada por um jardineiro muito especial.


Você vai fazer falta nos meus dias, nas minhas manhas, nas minhas tardes, nos meus fechamentos.


A nossa despedida será encarada como uma apusa, porque voce sempre me terá ao seu lado, como sua amiga, reporter, ex-colega de trabalho e irmã.


Nos encontraremos pelas jornadas jornalisticas que vida nos aguarda.


A minha amiga que me acolhia, me esquentava com seus abraços calorosos quando tudo era frio e triste.


Aquela que se surpreendeu ao ver as minhas atitudes de mulhjer, mesmo que para isso eu deveria que sofrer.


Que me apoiou e brigou comigo quando necessario.


Aquela que eu amo e muito.


quinta-feira, 25 de junho de 2009

A calma que acalenta

Depois de um turbilhão de emoções, amores e surpresas a vida começa a voltar ao normal e tudo tende a se encaixar como num grandioso ballet onde cada bailarina milimetricamente tem seu espaço, sua cor e seu som.

Nessa semana as pessoas que sempre amei se fizeram presente e isso me acalmou
A minha vida me prova a cada instante que eu sou amada sim e que deveria ser menos ingrata e agradecer pelos irmãos, amigos e oportunidades que possuo.

Talvez eu tenha dado muita importancia para o ruim e para o sofrimento
Ou tenha sido fraca o suficiente para conseguir me levantar semanas depois
Mas hoje, mais calma, aceito, penso e concluo: não podemos ser ibope para a tristeza
E um grande amor infundado não pode ser a motivação para lágrimas frias e temerosas

A dor se transformou em saudade
As lembranças que faziam chorar, hoje me fazem rir de forma consciente e feliz

Só sei que tudo está melhorando
E que essa calma no meu peito me acalenta
Acho que tem algo muito bom me esperando logo ali ;]
Seja na vida pessoal, seja no profissional..

'e o impossível me espera do lado de lá '

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Retrato da semana .

Sem tempo para nada =]
Música perfeita do Vanguart

Hemisfério

Esquenta, o coração refeito
Espero poder lhe tocar
O que havia entre nós dois foi
Tiroteio e espinho ou canção
Eu sederia aos teus pecados

Se acaso quisesse chorar
Escreveria os mesmos passos,
Só me salvo com a arma na mão
Pesa mais que um hemisfério
É usar o teu vestido
Te trazer pra perto podar as tuas iniciais
No cais dos meus braços
Liberdade pra quem queria
Só suas grades e tua avenida

A falta é irresponsável
Se for pra te inscendiar
Eu derremo essa chuva
Divido o rio que eu tiver
Esqueço a cidade que queimar depois
Você fingindo ser doloroso
E eu lembrando do céu
Do mesmo abismo que vim, voltarei
Baculejado de dor e de tempestade...

segunda-feira, 15 de junho de 2009

O Sol já aponta ..

Eu sinto que algo muito bom me espera logo ali, do outro lado do oceano ..
Apesar de sentir isso do fundod o coração não posso negar, que sinto sua falta
Porém, cada dia mais isso tem sido um detalhe..
Tô me acostumando em viver sem os seus únicos e intensos sinais
Mas sabe o que é mais pitoresco? é qwue eu estou me sentindo bem, apesar de tudo.

O Sol está nascendo de novo pra mim...
Como diz a música: "e mesmo que eu impeça, ele vai brilhar"
Eu me sinto bem, não totalmente revigorada, mas melhor :)

Eu estou vivendo de novo, enxergando cores novamente, apesar de tudo =]

A lição, os momentos, as historias?
Relaxa...tá tudo bem guardadinho no meu coração.

Não que eu vá seguir de forma total e intensa agora
Não vou por vários motivos.
Sem energia pra isso, porque me desgastei com tudo o que vivi nas últimas duas semanas (quem é mais chegado, sabe!)
A questão é que cansei ..

Como diz Herbert Viana: 'melancolia não dá ibope'

Não vou mais sofrer por isso, FATO.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

alma gêmea


texto feito no dia 11/06/2009 para uma das pessoas mais especiais da minha vida.

Raphaela de Sousa, a melhor amiga.


(...)


é complicado te desejar feliz anicersário e não falar sempre as mesmas coisas (e o que você já bem sabe!), mas vou tentar colocar em alguns caracteres o que eu sinto.19 anos você faz hoje...há quatro entrou na minha vida como um raio de luzintenso, alegre, permanente e que faz muito bem pro nosso servocê é alguém que merece TODA felicidade do mundomuito amor, muito dinheiro, muitos amigos, muitas historias e altas e boas gargalhadas.uma pessoa simples no entender, no ouvir e no gostaruma amiga que não tenho palavras para descrever ...com você entendi que existe sim 'alma gemea' e que ela não precisa ser seu namorado (a) para voce entender issoporque voce, minha melhor amiga, é a minha gemeanossas vidas se ligam de uma forma sobrenatural não é por acaso que somos tão ligadasé coisa de Deusnessa data querida que você seja muito abençoada por Deus .

eu sempre me decepcionei muito com amizades, mas desde que voce apareceu entendi que não adianta tentarmos forçar algoelas acontecem...Deus se encarregou de fazer acontecer a nossa amizadee..meu, como eu sou grata !melhor amiga pra mim não poderia existirquando falo de você, meu coração se enche de orgulho pela filha, pela pessoapela estudantepela pessoaque você é...pelo ser humano que você consegue ser aos 19 anos.cheia de vida, de esperanças, de amor, de vontade..intensa, linda, corajosa, amiga, companheira, alegre, simpática, cheirosa (hahaha!)..minha melhor amiga, minha irmão, minha companheira, minha irmã gemea..aquela que eu desejo ter ao meu lado pelo resto dos meus diasparabéns minha pimentinhaque nossos momentos juntas só venham aumentar em quantidade, intensidade e alegria.eu te amo muito.

terça-feira, 9 de junho de 2009

A fábula da vida real

Amizade, companheirismo, segredos, palnos loucos, projetos absurdos, cuidado, cautela, proteção, torcida, felicidade, drama, falso ciume, viagens, loucuras, músicas, "disputas", sinceridade, carinho.

Ingredientes dessa história tão mágica, cativante e impressionante, mas que teeve um fim não tão lúdico assim

(...)

Turbilhão de emoções.
Sentimentos à flor da pele

Tudo isso me prova o quanto especial foi o que senti (ou talvez ainda sinta)
Mais especial do que senti por relacionamentos consumados...
Sabe, eu não sei te deicar seguir, mas sei que é o certo a fazer.
E farei.

Pode ser impotencia minha,
Se for, perdão.

Bem lá no fundo eu sinto que nós dois precisamos disso.
Não é o FIM, mas é uma pausa...
Definitiva ou não... depende de você.

Vou sumir, mas é porque sou sua amiga o suficiente ...
Por respeito às tardes, os palnos, às risadas.

Na verdade, não sei se conseguirei reconquistar sua amizade...
É tudo tão frio e distante.

Mas saiba que independente da sua frequencia na minha vida..
Voce vai continuar sendo meu amigo, alguem especial, que me ensinou, que eu gostei e que me preocupei por longos e lindos dias ensolarados.

Preciso seguir..

Espero que essa fábula real tenha sido tão bonita para você como foi para mim.

sábado, 6 de junho de 2009

A (doída) escolha .

Os novos rumos que me levam
Inerte a tudo e a todos..
Nem as mais bestas e irritantes mediocridades mostradas nesse propio blog me atingem

Eu só queria voltar no tempo e me divertir mais uma vez
Ou talvez impedir o que foi sentido, porque isso estragou TUDO
Estragou os planos, a amizade, o companheirismo, os sorrisos e as longas tardes alegres

Eu não conformo...
Acho que nunca vou aceitar o fim não do sentimento, mas da AMIZADE

Você faz muita falta, de verdade..
Era bom saber como voce tava, poder conversar sem medo de retaliações e do que podia parecer

Das historias.
Dos segredos.

Mas acabou

E eu não entendo o porque..

Escolha.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

O fim e a desistência

Já ouvi ditados que "nada tem um fim".
Eu discordo.
Tudo tem um fim... independente de ser definitivo ou não.

As coisas acabam...mesmo que elas tenham sido boas ou intensas ou reais demais.
Para o fim, não é necessário palavras, atitudes...
O amargo gosto do fel é perceptível a metros de distancia ..
As distancias que impostas pelos muros, obstaculos entre nós, agora.

Não sou criança totalmente para forçar algo..
A grande questão é que não consigo ser adulta o suficiente pra aceitar essa mudança, mesmo achando que ela é em partes produtiva.

Agora eu vou deixar correr solto, mesmo chateada com isso
Não vou mais fazer por onde, infelizmente, as coisas foram condenadas a serem assim.
Eu não posso mais prosseguir... por mim, por você, por tudo que nós vivemos.
E assim as coisas vão caminhar, sem você...sem o seu companheirismo, (independente de qualquer coisa) que você sempre soube que me animava e me fazia bem.

Eu tenho a esperança que isso não é UM fim, mas é uma pausa para que os ponteiros se ajeitem, voltem ao normal..quem sabe um dia tudo isso é recuperado?

Eu desisto, temporariamente...seja por mim (primeiramente), por nós e por você.

terça-feira, 2 de junho de 2009

A rosa

A rosa que nasce entre as rochas traz cor, sentido e realce aos detalhes do cotidiano. Como esperado, ela dura o tempo de uma flor gerada em meio a sequidão, semanas. Por mais forte que ela seja, o tempo judia, termina com toda beleza e sensibilidade. Como uma rosa característica, ela possui espinhos. Nesse caso, eles foram menores, machucaram, mas não feriram profundamente... Geraram aprendizado.

A vida nos leva para novos caminhos, pessoas que não pensamos que iríamos encontrar e para mundos nunca antes descobertos. Não que isso seja em sua maioria ruim, mas também não é totalmente bom.

Os sentimentos são exatamente assim: uma caixa de surpresa. Nada acontece por acaso, tudo é pro nosso crescimento. O que parecia certo, dali um segundo, se transforma em algo mais incerto do mundo. Eles não são fortes o suficiente para durar longos meses de frio, mas quando o Sol chega, às vezes, chega tarde demais e não há mais o que fazer. Quando a luminosidade e invade as entranhas do peito, nem sempre é fácil para se resolver, tem que ter cuidado, cautela, carinho e compreensão.

Da mesma forma que a vida nos conduz, ela desencontra. E assim aconteceu, desencontramos... Nos perdemos no tempo e ficamos à margem de algo não vivido. A magia de tudo que aconteceu está justamente no que foi inibido e escondido. O desencontro não foi em suma ruim, trouxe sabor, experiência, sinceridade e fortalecimento.

O alivio mostra que a sinceridade sempre vale a pena. Não é prova de maturidade e de que mudamos, crescemos, mas que ser honesto, mostrar quem você realmente é e sente te torna mais valiosa, mais digna. Pode faltar coragem, mas tenha certeza... Vale a pena J .

Colls, eu te dedico esse texto como prova da minha amizade, do meu amor, companheirismo. Através dele, agradeço toda companhia, todas as historias e conselhos concedidos nesses últimos meses. Ps:. Solteira convicta, não mais. Solteira e ponto.